Rolando Boldrin – O Sr. Brasil da cultura popular caipira faleceu neste 09 de novembro

(Foto: Moacyr dos Santos)

Nos deixa hoje Rolando Boldrin, o nosso “Sr Brasil”, sempre disposto a contar os melhores “causos” da cultura popular caipira, como ele mesmo gostava de dizer.

Além de cantor, violeiro e apresentador, Rolando Boldrin teve importante presença na teledramaturgia brasileira, tendo atuado em inúmeras novelas de sucesso nas redes Tupi, Record e Bandeirantes. Na TVS Rio, foi protagonista da primeira telenovela produzida pela emissora: O Espantalho, em 1977, onde deu vida ao simpático Juca.

Como apresentador, comandou atrações cujo foco era exaltar a verdadeira Música Popular Brasileira, a música “raiz”, tendo estado à frente de Som Brasil (TV Globo), Empório Brasileiro (Bandeirantes), e atualmente apresentava o Sr Brasil, na TV Cultura.

No SBT, mantendo a tradição, comandou Empório Brasil, entre 1989 e 1990, trazendo convidados das mais diversas vertentes da MPB, da música sertaneja e da “moda de viola”. No programa também contava seus fantásticos “causos” e entrevistava escritores e artistas como poetas, pintores e escultores. Seu jeito carismático, simples e divertido, tornaram-no um dos mais queridos e admirados artistas brasileiros, e seus múltiplos talentos fizeram dele uma das personalidades mais versáteis da TV brasileira.

O velório será realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

(Fonte: Alan Gomes, Assessoria de Comunicação – SBT)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos