Quem Disse, Berenice? Estreia na categoria de prazer feminino com nova linha de produtos de autocuidado e bem-estar 

Prazer, Berê convida a consumidora a se conectar ao próprio corpo, com produtos sensoriais que despertam todos os sentidos em uma rotina de autoconhecimento sem tabus e com liberdade

Quem Disse, Berenice? lança Prazer, Berê, linha inédita de autocuidado e bem-estar que convida as consumidoras a explorar o próprio corpo e a descobrir as diferentes faces do prazer que os sentidos proporcionam se curtindo, se tocando e se amando com os produtos, que são sensoriais e multifuncionais, podendo ser adicionados na rotina, nos momentos a sós ou acompanhadas. A marca abraça a sexualidade e liberdade feminina, junto às indisciplinas de beleza, que são uma conversa já abordada no posicionamento da marca.

Sempre de olho nas tendências, nos novos padrões de consumo e na forma como as berês – como são chamadas as consumidoras da marca – têm falado sobre beleza e autocuidado, incluindo o prazer feminino, a marca levantou dados de uma pesquisa geracional da Consumoteca, realizada em 2021, e confirmou que a Geração Z é a mais fluida quando o assunto é sexualidade, a mais propensa à experimentação e a que fala com mais naturalidade sobre o tema, características que  impulsionam novas conversas na sociedade e influenciam as demais gerações .

“Precisamos falar de sexualidade e autocuidado de forma leve e natural. E, para isso, fomos conhecer em profundidade uma das gerações que mais vem falando do assunto com essa naturalidade, a geração Z, que inspira outras gerações e a sociedade a falar de temas antes considerados tabus. A linha Prazer, Berê traz produtos que vão refletir esse novo padrão de comportamento, que vão provocar a nossa consumidora a se conectar com o corpo dela de forma prazerosa, leve e divertida”, explica Vanessa Machado, diretora da categoria Corpo e Banho do Grupo Boticário.

Composta por loção hidratante, gel e óleo corporal, além de sabonete para a região íntima,  a nova linha chega para estimular os prazeres e a multissensorialidade das berês no momento do cuidado de todo o corpo, em que o toque é uma forma de se conhecer e explorar. Os itens são complementares para o autoconhecimento, mas também podem ser usados individualmente, proporcionando uma experiência de conexão e carinho com o próprio corpo.

loção hidratante é enriquecida com prebióticos e entrega hidratação prolongada, até mesmo na região da virilha, perfumando com uma fragrância irresistível que acompanha todos os lançamentos da linha. Já o gel corporal entrega um efeito deslizante, podendo ser usado em todo o corpo (todo mesmo!), e é um produto beijável; o óleo corporal é ideal para intensificar massagens e, assim como o gel, esquenta a pele quando friccionado suavemente. Por fim, o sabonete líquido conta com prebióticos e ingredientes, que fortalecem as defesas naturais e preservam o pH vaginal (12 horas de pH equilibrado) enquanto promove sensação refrescante, e é testado ginecologicamente.

Beleza, prazer, orgasmo…

Essa não é a primeira vez que a marca traz conversas relevantes para o público e defende uma sexualidade mais livre e sem estigmas. Em 2022, posicionou-se como a primeira do mercado nacional de beleza a assumir o orgasmo como uma etapa essencial para os cuidados com a pele. Além disso, Quem Disse, Berenice? acredita em uma beleza indisciplinada, em que é possível causar e compensar em seguida, além de explorar as possibilidades de experimentação e a criatividade da consumidora, considerando também o contexto geral da vida cotidiana em que ela está inserida, propondo produtos práticos que facilitam essa rotina.

O lançamento Prazer, Berê está disponível nas lojas da Quem Disse, Berenice? e também pode ser adquirida no e-commerce, com revendedoras no catálogo Eu Amo Make, ou no WhatsApp oficial: 0800 744 2000. Durante o período de lançamento, que vai até 16 de junho, os produtos ganham 20% de desconto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos