Neste sábado tem última concentração do Bloco da Imprensa no Ceprama

Foliões de todas as idades, e uma gama de jornalistas, produtores, radialistas, publicitários, fotógrafos, profissionais da comunicação no Maranhão se reúnem no Bloco da Imprensa para brincar o Carnaval.

Resgatando as tradições e fazendo questão de deixar fincada a luta de personalidades maranhenses pela cultura, o Bloco da Imprensa chega em  sua última concentração de 2024, neste sábado magro, 3 de fevereiro, no Ceprama (Madre Deus). Com o tema “TipiCamente: Para não esquecer do que é nosso”, assim como aconteceu nas duas primeiras concentrações, a programação é sempre diversificada. A entrada é gratuita!

É um grande Baile de Carnaval a céu aberto. As atrações estampam a nossa rica diversidade cultural e o nosso carnaval. A noitada começa com o melhor do samba de raiz com o show de Nivaldo Santos. E mais: Bloco Tradicional Brasinhas do Ritmo, Banda Marabloco, Bateria “Carcará “ da Favela do Samba, Grupo de Samba Todimais e a Banda MaraRitmos.

A diversão é sempre garantida no Bloco do Imprensa

Valer ressaltar que todas as criações das logomarcas do Bloco da Imprensa são do design e poeta Caoca Cruz. A criação e inspiração do tema são do designer Célio Sérgio. O Bloco tem mais de duas décadas no pré-carnaval de São Luís, e foi idealizado por profissionais da comunicação de vários veículos da capital.

A realização do bloco tem total apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura – SECMA, Secretaria de Turismo, Direção do Ceprama e Secretaria de Segurança, por meio da Polícia Militar.

Programação do Bloco da Imprensa (03.02.24 – sábado)

18h – Show de Samba de Nivaldo

19h -Bloco Tradicional Os Brasinhas do Ritmo

20h – Banda Marabloco

21h – Bateria “Carcará” da Favela do Samba

22h – Grupo de Samba Todimais

23h – Banda MaraRitmos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos