Dia do orgasmo: Cineasta lista os 5 melhores filmes picantes – não pornô – que retratam o ápice do prazer

Para comemorar o dia 31 de Julho, Fernanda Schein revela suas escolhas, incluindo cenas quentes com Ryan Gosling e Meg Ryan chegando lá

O convite para assistir um filme em casa no dia 31 de julho, mais do que nunca, pode ter um duplo sentido bem gostoso. Isso porque a data marca o Dia do Orgasmo, celebrado há 24 anos no intuito de tirar o tabu do prazer. Para comemorar a data, a cineasta Fernanda Schein, que vem se destacando no cenário internacional e coleciona mais de 30 prêmios em 2023, listou 5 filmes provocativos e super sensuais com as melhores cenas de orgasmo de todos os tempos.

Confira:

Harry e Sally – Feitos Um Para O Outro (Amazon Prime Video)

“Ninguém mais poderia estar no topo dessa lista que não fosse Meg Ryan! A cena do orgasmo em ‘When Harry Met Sally’ é um momento conhecido e icônico no cinema, em que Sally demonstra como as mulheres podem fingir um orgasmo para provar um ponto. Essa cena tem sido amplamente discutida e apreciada por seu humor e realismo ao retratar as complexidades dos relacionamentos humanos e as dinâmicas entre homens e mulheres.”

Barbarella (Amazon Prime Video)

“A interpretação de Jane Fonda como a personagem titular adiciona um toque cativante e ousado à cena. Embora o filme tenha sido à frente de seu tempo, essa sequência em particular tem sido tanto celebrada quanto debatida por sua ousadia e exploração da sensualidade no cinema. É um lembrete de como o cinema evoluiu ao longo dos anos, quebrando barreiras e abordando temas que antes eram considerados tabus.”

Easy A – A Mentira (Netflix)

“A cena do orgasmo em ‘Easy A’, com a talentosa Emma Stone, é um momento hilário e inesquecível no filme. Emma Stone brilha em sua interpretação da protagonista Olive Penderghast. A cena é um ponto alto da comédia, repleta de humor e sarcasmo, e mostra a habilidade de Emma Stone em trazer carisma e autenticidade para suas personagens. Sua atuação nesta cena específica certamente contribuiu para o charme e o sucesso geral do filme.”

Namorados Para Sempre (Netflix e Amazon Prime Video)

“‘Namorados para Sempre’ é um filme que permanece na memória do espectador, em grande parte devido ao talento e dedicação de Michelle Williams à sua personagem. A cena do orgasmo é um momento poderoso e emocionante. A atuação de Michelle Williams como Cindy é simplesmente impressionante, pois ela consegue transmitir uma mistura complexa de emoções durante essa cena intensa. O filme é uma exploração profunda dos altos e baixos de um relacionamento, e a cena do orgasmo captura a vulnerabilidade e a autenticidade dos personagens de uma forma comovente. Essa cena, como o filme em si, pode ser intensa e emocionalmente carregada, mas é uma prova do poder do cinema em retratar relacionamentos complexos e temas humanos de forma crua e autêntica”.

Pleasantville – A Vida Em Preto E Branco (Apple TV e Amazon Prime Video)

“É um filme que aborda questões importantes sobre a evolução pessoal, o despertar emocional e a importância de abraçar a autenticidade de cada indivíduo. Reese Witherspoon traz uma intensidade cativante a essa personagem, contribuindo para o impacto emocional e temático do filme. A cena do orgasmo é tão memorável, que faz com que o mundo em preto e branco fique colorido!”

 

Do interior do Rio Grande do Sul para Los Angeles, a cineasta e editora Fernanda Schein já atuou” em diversos projetos importantes do cinema e da publicidade. Fez mestrado na New York Film Academy e partir daí, fez parte da produção de projetos como o filme “Forbidden Wish”, melhor longa pelo Santa Monica Film Festival disponível no Prime Video e produções independentes, como “The Boy in The Mirror”, vencedor do prêmio de melhor curta-metragem no California Women’s Film Festival.

Foi editora/montadora principal de projetos dirigidos por Rob Styles, como “A Social(Media) Construct” e “Sleeping Awake”. Agora está brilhando cada vez mais com o recém lançado “I See You” e como parte do dream team da Campfire, importante produtora em Los Angeles, responsável por “Neymar: O Caos Perfeito” .Já prestes a estrear, além de “Envenenados: O Perigo na Nossa Comida”, para a Netflix, também em 2023 terá o longa-metragem “Farewelling”, dirigido por Rodes Phire e o curta “Last Minute”, de Joel Junior.

 

 

 

 

 

(Da redação com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista.
Bacharel em Comunicação Social- Jornalismo com pós-graduação em Jornalismo Cultural na UFMA.

Criadora de conteúdo, roteirista, DJ, colecionadora de discos, produtora artística e fonográfica. Ludovicense, filha de rosarienses. Morou na Cohab, Fé em Deus, Liberdade em São Luís, passou três anos em Codó, e voltou para a capital residindo na Rua Basson (Apeadouro – Bairro de Fátima) e Cohatrac IV. Foi aluna do Colégio Batista.

Gosta de cozinhar. Sempre foi (e pretende continuar sendo) apreciadora da culinária a base de frutos do mar, dos modos e costumes nordestinos; brincante da Cultura Popular e uma assídua frequentadora das mais diversas regiões da Ilha de São Luís e do Maranhão. É autora dos projetos de difusão musical “Vinil & Poesia” e “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos