Alunos do Projeto Braçada Olímpica visitam o espetáculo de luzes Lightland

Crianças do projeto idealizado pelo multicampeão Frederico Castro se divertiram com o show de projeções e sons.

Além do caráter esportivo, com aulas gratuitas de natação para 50 crianças na faixa etária dos oito anos de idade, o Projeto Braçada Olímpica, iniciativa idealizada pelo nadador multicampeão maranhense Frederico Castro e patrocinada pelo governo do Estado e Grupo Mateus por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, tem outras iniciativas importantes para a formação dos alunos, proporcionando momentos de lazer que fiquem guardados na memória. Na semana passada, as crianças do Braçada Olímpica conheceram e se encantaram com o projeto “Lightland – O Mundo Encantado das Luzes”, localizado no São Luís Shopping, em São Luís.

Durante a visita ao Lightland, os alunos do Projeto Braçada Olímpica interagiram com o cenário de luzes e projeções, tiraram várias fotos, deram voltas por todo o ambiente e mostraram muita alegria com o passeio. Criador do Braçada Olímpica e dono de uma das carreiras mais vitoriosas da natação maranhense, Frederico Castro ressaltou a importância de proporcionar outras atividades para as crianças, além das aulas na piscina.

“Foi uma tarde super agradável com a turminha do Braçada Olímpica, foi muito legal ver os nossos alunos encantados com as projeções do Lightland. Sabemos da importância de proporcionar esses momentos de descontração e felicidade para as crianças, ver o sorriso delas é uma alegria gigantesca. Mais uma vez, agradecemos ao governo do Estado e ao Grupo Mateus por apoiarem nosso projeto de inclusão social por meio do esporte”, afirmou Frederico.

Em meio às aulas de natação, o Projeto Braçada Olímpica também trabalha a inclusão social e a formação de valores, em eventos que sempre contam com a presença de profissionais para melhor orientação aos alunos e que têm como principais focos a preservação da natureza, a importância da leitura e a promoção de uma vida mais saudável. Entre as ações realizadas pelo Braçada Olímpica, estão a interação dos alunos com o Capitão Limpeza, personagem criado pelo‎ Comitê‎ Gestor‎ de‎ Limpeza‎ Urbana‎ para conscientizar as pessoas sobre a necessidade de cuidar do meio ambiente, e a visita ao Centro Ambiental da Ribeira, área de descarte adequado de resíduos sólidos.

Projeto Lightland

Inspirado em atrações internacionais como o Atelier des Lumières, de Paris (França), e o Digital Art Museum, em Tóquio (Japão), o Lightland é um espetáculo imersivo de projeções e sons, desenvolvido para oferecer uma experiência envolvente e sensitiva. O quadrilátero de 220m² recebe projeções de altíssima definição em paredões com superfície projetada de quase quatro metros de altura em toda da área do piso, que é preparado especialmente para refletir de modo ideal as imagens que compõem os conteúdos da timeline-base, com sessões apresentadas por aproximadamente 40 minutos.

A linha do tempo de cada sessão do Lightland exibe temas diversificados e surpreendentes, como floresta de dinossauros, Amazônia, ficção científica, água, cores, arte impressionista, abstrato e mundo pop. Com esta composição variada, o projeto contempla os mais diferentes públicos, de crianças a idosos.

Projeto Braçada Olímpica

Em sua segunda temporada, o Projeto Braçada Olímpica conta com a parceria da UEB Menino Jesus de Praga e oferece aulas gratuitas de natação no contraturno escolar das crianças. As aulas são realizadas às segundas e quartas-feiras, a partir das 14h, na piscina do Centro de Treinamento do Maranhão Atlético Clube, no bairro Cohaserma II, em São Luís.

Antes das primeiras aulas do Projeto Braçada Olímpica, os 50 alunos receberam kits esportivos para os treinos semanais, com materiais de qualidade para a prática da natação, como toucas, óculos com proteção UV, maiôs, calções e camisas.

O Projeto Braçada Olímpica tem os patrocínios do governo do Estado e do Grupo Mateus por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e conta com os apoios da Legolar Escola Bilíngue, da UEB Menino Jesus de Praga, da MCAtrês e do Bloco da Maizena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos