Sesc lança catálogo comemorativo aos 15 anos do Aldeia Sesc Guajajara de Artes

Na área cultural, o Sesc tem como missão ser uma janela para disseminar vivências, valores e conectar pessoas às experiências culturais. E há mais de uma década, o programa Aldeia Sesc Guajajara de Artes tem sido um dos principais vetores de conexão e intercâmbio cultural entre diferentes expressões artísticas do Brasil e do Maranhão.

E para comemorar essa troca de atividades artísticas e culturais, o Sesc lança nesta terça-feira (21), o catálogo comemorativo “15 anos de Aldeia Sesc Guajajara de Artes”. O lançamento do livro acontece no Teatro Sesc Napoleão Ewerton, localizado no Condomínio Fecomércio/Sesc/Senac, na Avenida dos Holandeses, às 18h30.

O catálogo reúne memórias, fotografias e depoimentos dos 15 anos de realização do projeto Aldeia Sesc Guajajara de Artes. A publicação traz olhares diversos que refletem a diversidade do projeto. Artistas, fazedores culturais, jornalistas e profissionais do Sesc compartilharam suas experiências como habitantes desta ‘aldeia’ que tanto contribuiu para o fomento, difusão e democratização da arte e cultura no estado.

O projeto é fruto de uma construção coletiva e contou com a coordenação de Isoneth Almeida, Coordenadora de Cultura do Sesc. A publicação conta com 100 páginas e expõe um recorte especial com artigos, entrevistas, depoimentos, imagens e bastidores do Aldeia Sesc Guajajara de Artes. Além do relato intimista do projeto, o catálogo aborda mais de 20 temas, e oferece informações e dados relevantes sobre a gestão como estratégias de fomento cultural.

As entrevistas e artigos expressaram a importância do projeto no contexto cultural de São Luís e do estado, e as imagens resgatam memórias que registraram as transformações do cenário cultural na cidade e o alcance do projeto. O livro é uma forma de homenagear as pessoas que colaboraram nos processos conceituais, curatoriais, planejamentos, aprovações, divulgação e promoção, entre outros assuntos relacionados ao projeto.

O Aldeia Sesc Guajarara de Artes é um terreno fértil para o surgimento e crescimento de muitos fazedores de cultura do Maranhão. Durante 15 anos, contribuiu com o fortalecimento da caminhada e trajetória de muitos grupos e artistas locais, promovendo o estímulo ao debate e à reflexão, a valorização do artista, a promoção e difusão das manifestações artístico-culturais, que são bases do trabalho realizado pelo Sesc Maranhão.

Programação
• Recepção com a musicista Thaynara Oliveira
• Cerimônia de abertura
• Depoimento de experiência do dramaturgo Lauande Aires
• Apresentação do catálogo e entrega de exemplares aos convidados ao final da cerimônia
• Coquetel com animação do DJ Jorge Choairy

 

 

 

 

 

(DA REDAÇÃO, com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos