São José de Ribamar ganhou um importante atrativo cultural, gastronômico e turístico com a realização da Feirinha

A cidade-santuário São José de Ribamar (MA) ganhou mais um atrativo, a realização Feirinha Ribamar, Nossa Feira, Nossa Gente.

Uma acertada iniciativa da gestão municipal por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Renda. Cerca de 40 feirantes, em barracas padronizadas, expõem produtos da agricultura familiar, artesanato e comidas típicas, além de apresentações culturais do município e prestação de serviços públicos do poder executivo. É realizada todos os domingos, de 8h às 14h, e conta com o apoio do Sebrae. Acontece na rua Arthur Azevedo, com vista para Baía de São José, um dos cartões postais mais bonitos do Maranhão. No detalhe, a coordenadora artística Alesandra Santos visitando a barraca da Cozinha Ribamarense, dos sócios empreendedores Eduardo Matias e Claudia Santos (ela quem faz o vatapá mais saboroso que já experimentei na vida!). Visitem! Vale super a pena o passeio!

One Response

  1. Realmente, o projeto feirinha Ribamar desenvolvido pela gestão municipal atual tem sido um forte aliado em parceria com produtores locais na divulgação e na comercialização de produtos de qualidade que são produzidos localmente. Produtos como : temperos kaseiro, hortaliças, verduras, legumes, macaxeira, coco d’água, coco seco, molhos de pimentas da terra, doces regionais, frutas, o melhor da gastronomia local com pratos de dar água na boca, há e não podemos esquecer do espaço reservado para o artesanato local, onde podemos encontrar lindas peças produzidas manualmente e somando a tudo isso temos músicas ao vivo para alegrar o nosso coração. O que você tá esperando, vem pra cá para juntos prestigiar-mos a feirinha Ribamar e desfrute do que a vida tem de bom pra nos proporcionar e sejam todos bem vindos !!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos