O Macaco Malandro – Teatro para Crianças no Museu Histórico e Artístico de São Luís

Estreia da temporada de férias, o espetáculo infantil, O Macaco Malandro, com direção de Urias de Oliveira. A peça incentiva a leitura, criatividade e aprendizado das relações.

 

Uma fábula sobre a amizade e de como devemos nos unir em tempos difíceis sendo o diálogo o melhor caminho para resolver nossos problemas. É o que ensina através da linguagem cênica o espetáculo infantil, O Macaco Malandro, com direção do maranhense Urias de Oliveira, que estreia temporada de férias, na capital, neste domingo, 02, às 10h, no Museu Histórico e Artístico de São Luís – Centro (a entrada será pelo portão lateral da rua 13 de maio). 

O espetáculo seguirá no local todos os domingos de Julho, no mesmo horário. O Macaco Malandro é um texto clássico de Tatiana Belinky, que recebe agora adaptação com a produção da Casa do Sol Cia. de Artes. 

É um espetáculo leve, alegre e divertido, que vem colaborar para o incentivo a leitura, a criatividade e auxilia no aprendizado das relações. 

A peça conta que numa floresta estão uma raposa e um lobo, ambos com muita fome. Eis que eles encontram um queijo. Surge uma grande discussão para saber de quem seria a iguaria encontrada, se de quem cheirou primeiro, ou de quem encontrou primeiro. Chegando a nenhuma conclusão, eles decidem pedir ao macaco, que é juiz da floresta, para que resolva a questão. A confusão está feita, e quem será que vai se dar bem? Só indo ao teatro para conferir o espetáculo e saber…

Ingressos Limitados: * Inteira: R$ 50, * Meia: R$ 25. Vendas antecipadas, através do Sympla ou via Pix com retirada de ingressos na portaria. 

 

SERVIÇO:

O MACACO MALANDRO

DIREÇÃO: URIAS DE OLIVEIRA

INGRESSOS LIMITADOS: * INTEIRA: R$ 40,00 **MEIA: R$ 20,00
VENDAS ANTECIPADAS, ATRAVÉS DO SYMPLA (+ TAXA) E PIX.
INFORMAÇÕES: @COMPANHIACASADOSOL /WHATSAPP: 98 981284850

Ficha técnica:
Texto: Tatiana Belinky
Direção: Urias de Oliveira.
Elenco: Emanuel Balata, Claudiana Cotrim, Breno Nina, Erivelto Viana e Urias de Oliveira
Duração: 45 minutos

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos