Mostra CazumbáMundi celebra 40 anos de carreira de Betto Pereira

A mostra CazumbáMundi é um projeto cultural diferenciado, que celebra 40 anos de carreira do multi talentoso artista plástico, cantor e compositor Betto Pereira; com realização da Baronesa Produções e Espaço Betto Pereira.

Com a curadoria de Carlos Dimuro, a exposição CazumbáMundi apresenta 15 telas inéditas assinadas por Betto Pereira, retratando o personagem Cazumbá; sob uma visão universal, e homenageando o “Boi de Santa Fé”, além de grandes artistas nacionais e internacionais, que influenciaram a trajetória do artista. Esse projeto foi viabilizado graças à Lei Estadual de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Grupo Potiguar e do Governo do Estado do Maranhão.

A abertura acontece no dia 20 de novembro (sábado) às 20h no Convento das Mercês; e contará com um pocket show com participações especiais de Zeca Baleiro, Zé Olhinho, César Nascimento, Emanuel Jesus e Flávia Bittencourt. O público poderá acompanhar a programação em tempo real, pelo canal do YouTube “Betto Pereira Oficial”.

Depois, a exposição ficará em cartaz de 23 a 28 de novembro de 2021, na Casa do Maranhão. Com o cumprimento de todos os protocolos, o público poderá conferir presencialmente a exposição; que ganhará posteriormente circulação nacional e internacional.

Esse projeto contempla ainda, uma oficina do artista Betto Pereira na sede do Boi de Santa Fé, para crianças e jovens da comunidade do Bairro de Fátima. E conta com apoio da Prefeitura de São Luís, da Secretaria de Turismo de São Luís, Cervejaria Dona e Cachaça Capotira. A Produção geral é da Interart Produção Criativa, de Emanuel Jesus e Ellen Soares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista.
Bacharel em Comunicação Social- Jornalismo com pós-graduação em Jornalismo Cultural na UFMA.

Criadora de conteúdo, roteirista, DJ, colecionadora de discos, produtora artística e fonográfica. Ludovicense, filha de rosarienses. Morou na Cohab, Fé em Deus, Liberdade em São Luís, passou três anos em Codó, e voltou para a capital residindo na Rua Basson (Apeadouro – Bairro de Fátima) e Cohatrac IV. Foi aluna do Colégio Batista.

Gosta de cozinhar. Sempre foi (e pretende continuar sendo) apreciadora da culinária a base de frutos do mar, dos modos e costumes nordestinos; brincante da Cultura Popular e uma assídua frequentadora das mais diversas regiões da Ilha de São Luís e do Maranhão. É autora dos projetos de difusão musical “Vinil & Poesia” e “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos