Carbono Neutro – Natura contribui para conservar mais de 21 mil hectares de florestas e reflorestamento.

Diante dos riscos impostos pelas mudanças climáticas ao meio ambiente e à sociedade, a Natura assumiu, em 2007, o compromisso de ser uma empresa Carbono Neutro, com a implementação de um programa que mensura, reduz e compensa as emissões geradas não apenas por ela, mas por toda a sua cadeia produtiva – da extração das matérias-primas ao descarte final das embalagens após o uso.

Ao completar 15 anos em outubro passado, o programa chega à marca de mais de 4 milhões de créditos de carbono compensados por meio de 47 projetos – 36 no Brasil e outros sete na América Latina. O programa gera ainda um retorno social de R$32 para cada R$1 investido, de acordo com o Integrated Profit and Loss (IP&L), metodologia de mensuração inovadora que considera os capitais humano, ambiental e social lançado pela marca este ano. Ao longo desse ciclo, celebra os projetos de compensação apoiados que contribuem para conservar mais de 21 mil hectares de florestas e reflorestamento. Esse resultado impacta a vida de 15.588 famílias e gera R$ 2,15 bilhão em valores equivalentes a serviços ambientais, sociais e comunitários. Em um balanço das emissões de carbono e os cobenefícios gerados, chega-se a um resultado líquido positivo de R$1 bilhão. Em click, território Médio Juruá, situado no sudoeste do Amazonas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos