Betto Pereira apresenta o show DuCaramba no Arraial do IPEM

“Quando meu boi chegar na rua, com você na brincadeira, eu puxar toada nova”, são versos de Bela Flor da Ilha, de Betto Pereira, que todo mundo canta nos shows que o artista vem apresentando em sua temporada junina no Maranhão. Além de muitos outros sucessos e novas canções que fazem parte desse show, chamado DuCaramba, faixa-título do seu novo EP.

Nesta terça-feira, 20, será a vez do cantor, compositor e artista plástico Betto Pereira, apresentar o show “DuCaramba” na programação, aberta ao público, do Arraial do IPEM, promovida pelo Governo do Estado. Começa às 20h. A proposta é para dançar no embalo caliente da salsa, merengue, forró e na cadência rítmica das toadas de bumba-meu-boi e tambor de crioula.  É nessa mistura que o repertório dos shows DuCaramba foi montado.

Radicado em Petrópolis (RJ), Betto Pereira, também é referência nas artes plásticas, reúne mais de trinta anos dedicados à carreira artística. São inúmeros sucessos presentes no cancioneiro popular maranhense, por exemplo: Terecô, Ana e a Lua, Toque de Amor, Menina da Praia, Mina Negra, Nação Vibration e Maldito Amor.

“Quero levar para os arraiais maranhenses toda a alegria e astral que inspiram a nossa música. Os shows para o São João no Maranhão são bem vibrantes para todo mundo cantar e dançar juntos”, adianta.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos