“Auêra Auara – Pororoca – A onda do Brasil”, de Noélio Sobrinho, tem lançamento em São Luís

A expressão indígena “auêra auara” significa “bem-estar”, tornou-se uma saudação entre os surfistas de selva, assim chamados os atletas adeptos ao surf nas ondas do fenômeno dos rios amazônicos, pororoca.

Modalidade difundida aqui no Maranhão quando os surfistas paraenses descobriram o Rio Mearim, na altura da cidade de Arari (MA), onde acontece uma das pororocas mais perfeitas, acessíveis e constantes do mundo.

Essa história está registrada no livro “Auêra Auara – Pororoca – A onda do Brasil”, de Noélio Sobrinho, presidente da Associação Brasileira de Surf na Pororoca (ABRASPO), junto com outros registros importantes de sua trajetória ao longo de vinte e cinco anos de surf na região amazônica (Amapá, Pará, Maranhão).

Em São Luís (MA), a obra terá lançamento neste sábado, 14, às 20h, no Pier Massari – Ponta da Areia, com apoio do Pier Massari, Pororoca Esporte, Instituto Empreendedor Sustentável – IES e Associação de Surf da Pororoca do Maranhão. Vale a pena prestigiar e conferir! Haverá sorteios de exemplares aos presentes durante a ocasião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos