Atendimento gratuito de suporte psicológico no projeto MÃE da Estácio

Está pensando em engravidar, passando por alguma fase da gestação ou enfrentando o puerpério? Investir em terapia pode ser uma excelente ideia. Estatísticas afirmam que uma em cada quatro mulheres sofrem de depressão pós-parto, e uma em cada sete é identificada com sintomas de depressão durante a gravidez. O acompanhamento com o psicólogo pode ajudar tanto a prevenir esses quadros quanto a lidar com eles quando já estiverem instalados. 

“No período perinatal, a mulher passa por várias mudanças, que abrangem desde questões hormonais e alterações no corpo até aspectos da autoestima”, explica a coordenadora do curso de Psicologia do Centro Universitário Estácio São Luís, Carmen Campos. Com o objetivo de auxiliar as mães a lidar com essas questões e prevenir adoecimentos psicológicos característicos do período, o curso desenvolverá, ao longo deste ano, o projeto Maternar, Acolher, Escutar (MÃE). A iniciativa é elaborada por Thatiane Carvalho de Macedo Aroucha, aluna do curso de psicologia, e conta com a participação de estudantes do último ano do curso, além da supervisão do professor Alexandro Cruz.

Como parte das atividades de lançamento do projeto, o Centro Universitário Estácio São Luís realizou, esta semana, um ciclo de palestras com o tema “Por que é importante falar de saúde mental materna”. Consequências da violência obstétrica para a saúde mental das mães e a importância do pré-natal psicológico como forma de prevenir a depressão pós-parto foram alguns dos temas abordados durante o evento.

ATENDIMENTO GRATUITO

A importância do cuidado com a saúde mental das futuras mães é tão grande que existe até um campo na Psicologia voltado exclusivamente para o estudo deste assunto: é a psicologia perinatal, que se concentra na saúde mental das mães e dos pais durante a gravidez, parto e pós-parto, bem como no desenvolvimento emocional e comportamental do bebê. Segundo especialistas, a saúde emocional materna pode influenciar diretamente o desenvolvimento físico, emocional e cognitivo do bebê.

Como parte do projeto MÃE, as gestantes, tentantes e puérperas, além de mulheres que enfrentam situações de aborto, luto ou infertilidade, terão acesso a atendimento psicológico gratuito, oferecido pela Clínica de Psicologia do Centro Universitário Estácio. O acolhimento poderá ser feito por meio de terapia em grupo e também de sessões individuais.

“Vamos promover um ambiente de compartilhamento de vivências entre gestantes e puérperas, proporcionando espaço de fala, exposição de dúvidas e questionamentos”, destacou Carmen Campos. Outro objetivo é fomentar a construção de uma rede de informações acerca da gestação, parto e puerpério. “Esse suporte psicológico, caso necessário, poderá se estender a toda a família e rede de apoio da mãe”, afirma a psicóloga.

As inscrições para o atendimento podem ser realizadas presencialmente, no piso térreo do Bloco A do Centro Universitário Estácio São Luís, ou pelo telefone (98) 3214-6406. O serviço é totalmente gratuito.

(Da redação com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista.
Bacharel em Comunicação Social- Jornalismo com pós-graduação em Jornalismo Cultural na UFMA.

Criadora de conteúdo, roteirista, DJ, colecionadora de discos, produtora artística e fonográfica. Ludovicense, filha de rosarienses. Morou na Cohab, Fé em Deus, Liberdade em São Luís, passou três anos em Codó, e voltou para a capital residindo na Rua Basson (Apeadouro – Bairro de Fátima) e Cohatrac IV. Foi aluna do Colégio Batista.

Gosta de cozinhar. Sempre foi (e pretende continuar sendo) apreciadora da culinária a base de frutos do mar, dos modos e costumes nordestinos; brincante da Cultura Popular e uma assídua frequentadora das mais diversas regiões da Ilha de São Luís e do Maranhão. É autora dos projetos de difusão musical “Vinil & Poesia” e “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos