Artista lança livro sobre diversidade do circo contemporâneo latinoamericano

O livro é resultado da pesquisa de Samira Lemes, que registra a cena do circo na atualidade e faz um resgate da história a partir de ensaios fotográficos.

O lançamento de Sagrado Circo acontece nesta quinta, 25, às 19h, no Solar Cultural Maria Firmina dos Reis. Durante o evento, acontece também roda de conversa sobre a arte circense e espetáculo Circo Boto, com o artista imperatrizense Guilherme Boto. A entrada é gratuita e com contribuição voluntária no chapéu.

Em “Sagrado Circo”, a pesquisadora e artista Samira Lemes se debruça sobre o registro de 5 anos da vivência circense em Festivais Latinoamericanos, explorando a pluralidade e diversidade de corpos não convencionais como de mulheres, lgbtqia+, corpas gordas, terceira idade, mobilidade reduzida e deficientes.

O livro reúne também depoimentos e textos autobiográficos de artistas como Ariadne Antico, pessoa com deficiência, Regina Celi que começou a fazer palhaçaria depois dos 50 anos de idade e Odilia Nunes, a primeira mulher a fazer a personagem Catirina – que somente homens podiam fazer.

Para Samira, esse livro tem uma importância fundamental pois é um registro da arte na atualidade. “O circo é uma arte que visa promover o acolhimento de todes. É importante que na sua atuação não haja exclusões, pois independente de gênero, sexualidade, etnia, raça, classe ou nacionalidade, nos reconheçamos em nossos semelhantes ao partilhar a mesma condição humana”, reflete.

O livro é resultado da vivência circense de Samira Lemes que, durante 5 anos, registrou a cena do circo contemporâneo por mais de 80 festivais pela América Latina. O Sagrado Circo faz o resgate da história viva e contém mais de 40 artistas de 5 países diferentes Além disso, o livro também traz um manifesto da palhaçaria preta.

Samira Lemes é artista circense, fotógrafa, produtora cultural, alquimista, palhaça e pesquisadora da arte-ritual, das medicinas naturais e imaginários das culturas brasileiras, da palhaçaria sagrada, e da comicidade pessoal alinhada à ritualidades do feminino.

Serviço

O que: Lançamento do Livro Sagrado Circo e Espetáculo Circense

Onde: Solar Cultural Maria Firmina dos Reis.

Endereço: Rua Rio Branco, 420, próximo a Praça Deodoro. Centro Histórico.

Quando: 25 de agosto (quinta-feira), a partir das 19h.

 

(Com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos