A cozinha encantada de Tássia Campos – Receitas que herdou de sua mãe e avó fazem parte do cardápio afetivo de seu empreendimento.

Considerada uma das maiores cantoras do Maranhão, de identidade vocal, timbre e interpretação única, Tássia Campos traz à tona mais um de seus talentos, honrando agora uma tradição de mulheres da sua família. Ela começou a empreender no ramo da culinária afetiva.

Tássia Campos

Algo que hoje conceituam de “comfort food”, aquela comida que te desperta sentimentos bons, memórias de segurança e de afeto. Tássia que é neta e filha de mulheres cozinheiras, reinventou-se em meio à pandemia, apostando no incentivo de uma amiga a começar a vender bolos e outras receitas que herdou, e costumava preparar em casa, para seus filhos. E assim sua cozinha “encantada” surgiu como uma fonte de renda nesses tempos de superação. “Minha avó vendia pão cheio, mingau de milho, bolos para contribuir no sustento da família. E minha mãe é uma confeiteira de primeira, preparava os bolos de aniversário de todos os filhos, sempre uma delícia”, contou Tássia. E essas receitas estão hoje em seu cardápio afetivo. Entre os mais encomendados estão o pão cheio e o bolo romeu e julieta (com queijo reino e goiabada cascão). Tudo feito com muito capricho e responsabilidade.

Tássia conta ainda que o ofício funciona como uma terapia. E diz: “Eu foco no preparo do alimento e esqueço qualquer outro tipo de preocupação”.

Atualmente, ela concilia as atividades profissionais da Música com a média de dez a doze encomendas de bolos e merendas por dia. E está ampliando seus negócios; se aperfeiçoando em cursos, inclusive, os de bolos de festas e aniversários, para atender todos os pedidos. “Procuro entregar tudo com a melhor qualidade possível! Assim como na Música, a generosidade tem que fazer parte. A expressão artística é da mesma forma na Cozinha. A sensibilidade e a emoção estão em tudo, desde a escolha dos ingredientes, no preparo até a entrega.”, acentua.

Bolo de aniversário decorado com canapuns, damascos, castanhas e flor de manjericão

As encomendas podem ser feitas através do instagram: @tassia.campos, ou pelo whatapp 98 98908 0631.

2 Responses

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos